Turismo | Cidades | Culinária |


Principal Geografia Mapa Meteorologia Calendário Administração
Vídeos   Fotos Outras

O núcleo central da cidade, conhecida inicialmente como Borda do Campo do Mandu, surgiu na fazenda do português Francisco Vieira Fagundes, situada à margem do caminho que ligava o arraial de Ouro Fino ao Registro do Mandu, atual Pouso Alegre. O impulso inicial da aglomeração deveu-se à existência de matas e extensas áreas de campos, que favoreceram a criação de gado e a extração da madeira. Em 1835, foi criado o distrito de Borda da Mata. Com a chegada à região da estrada de ferro Sapucaí, em 1895, e sua posterior conexão com a estrada de ferro Mogiana (1898), o desenvolvimento do local recebeu forte incremento. Em 1923, deu-se a criação do município. Nossa Senhora do Carmo é a padroeira da cidade, e para ela foi erigida, em 1823, a primeira capela do povoado. A festa em sua homenagem é realizada todos os anos no mês de julho, quando ocorre também a Exposição de Artes Plásticas de Borda da Mata. O visitante poderá ainda conhecer as ruínas da antiga Usina Hidrelétrica da Sul Mineira, com grandes e belas quedas d'água. Fonte: Secretaria da Cultura em 01/10/1999
Credit card rates and online payday loans look at.

DENOMINAÇÕES ANTERIORES: CARMO DA BORDA DA MATA